Projeto/Estágio de 1º Ciclo do DCC


Última actualização: 2015/1/9

FAQ

Gostaria de propor uma empresa para estagiar. Posso?

Os alunos não têm necessidade de propor empresas ou projetos. O responsável pela UC contactará atempadamente as empresas e instituições que habitualmente colaboram com o DCC, pedindo-lhes para submeter propostas de projeto/estágio. Estas propostas serão depois divulgadas pelos inscritos à UC, que são posteriormente selecionados pelas empresas cujos projetos lhes interessaram mais.

No entanto, os alunos poderão ter interesse em estagiar em empresas de uma determinada área geográfica (perto da sua residência, por exemplo) ou de uma determinada área de atuação (empresas de produção jogos, por exemplo), que podem ser pouco frequentes entre as empresas que habitualmente colaboram com o DCC.

Se os alunos tiverem contactos em empresas onde tenham interesse em estagiar, podem pedir a um responsável dessa empresa que contacte o responsável da UC, manifestando o seu interesse e disponibilidade para acolher estagiários.

Sendo oportuno, o responsável da UC poderá incluir essa empresa na lista das interessadas em fornecer estágio alunos do DCC. Estes contactos prévios devem ser realizados com a antecedência, preferencialmente antes do início do semestre em que terá lugar o estágio.

Quantas horas por semana tem o projeto/estágio?

O Projeto/Estágio é uma unidade curricular com 12 ECTS num semestre letivo com 30 ECTS. Portanto, durante o tempo de permanência no laboratório ou empresa os alunos deveriam trabalhar 2 dias de uma semana de 5 dias úteis. Meio tempo, tomado literalmente, são 2,5 de 5 dias úteis. Sendo assim, os alunos devem estar sensivelmente a um pouco menos de meio tempo nos laboratórios ou empresas de acolhimento. O horário de trabalho deverá ser acordado caso-a-caso entre o estagiário e o docente ou empresa, tendo em conta o horário do aluno às outras unidades curriculares e as disponibilidades do laboratório/empresa.

Como é que eu faço o meu CV?

No contacto inicial com docentes e empresas proponentes dos estágios, os alunos devem fornecer um Curriculum Vitae (CV) que facilite o processo de seleção. O CV é um documento que resume o vosso percurso até ao momento e que destaca o mais importante para a decisão de recrutamento. Provavelmente não têm ainda muita experiência profissional. No entanto, devem referir

  • o vosso desempenho escolar (média, UCs em se destacaram);
  • trabalhos escolares que ilustrem a vossa competência;
  • conhecimentos específicos na área (linguagens de programação, ferramentas de desenvolvimento, sistemas operativos);
  • alguma experiência profissional (mesmo que não seja na área);
  • outras experiências relevantes (ex: Erasmus);
  • domínio de línguas estrangeiras;
  • hobbies e interesses.

Existem várias ferramentas online para ajuda na construção de CV, como o Euro Pass, o cvmaker ou o do Live Career só para dar alguns exemplos.

Evitem que o CV seja um documento estático. Tentem adequá-lo a cada caso, destacando as características que melhor vos qualificam para cada projeto. Ao enviarem um email com o CV procurem justificar a escolha do tema enquadrando-o no vosso percurso e interesses.

Devem também considerar tem 2 versões do vosso CV, uma em português e outra em inglês. Muitas das empresas a operar no Porto têm colaboradores estrangeiros e isso facilita o processo de seleção.

O projeto/estágio tem 324 horas totais (e de contacto). São as horas de permanência no laboratório/empresa?

As 324 horas são horas totais, não são horas de trabalho no laboratório/empresa. São horas de trabalho para a unidade curricular (UC), que incluem o tempo de prospeção e seleção do projeto e a escrita do relatório

A título de exemplo, as unidades curricular de 6 ECTS (a maioria) tem 56 horas de contacto (aulas) o que perfaz 162 horas totais, contando outro trabalho para a UC, como realização de trabalhos e estudo para as avaliações. Como o projeto/estágio tem 12 (2*6) créditos as horas totais são 324 (2*162). Estas foram também colocadas como horas de contacto, seguindo a tipologia da distribuição de tempo das unidades curriculares, que não prevê horas de trabalho em empresa.

Para a definição do plano de trabalhos no laboratório/empresa deve ser tomado como referência os 2/5 da semana de trabalho, durante o período que o estagiário passar no laboratório/empresa. Estes 2/5 são a proporção do peso em ECTS da unidade curricular (12) face ao total de ECTS de um semestre letivo (30).